ACIDENTES DE TRÂNSITO

OS IMPACTOS CAUSADOS NO SETOR PÚBLICO DE SAÚDE E TRÂNSITO EM RORAIMA/BR

  • Mariano Terço de Melo Universidade Estadual de Roraima
  • Nébia Maria Almeida de Figueiredo Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO
Palavras-chave: Acidentes de trânsito, Impacto no setor de segurança e trânsito, Vítimas de acidentes de trânsito

Resumo

Os Acidentes de Trânsito (AT) matam no Brasil cerca de 47 mil pessoas em 2018, segundo a ONU, é a segunda maior causa de morte no Brasil, e atualmente o país ocupa o quinto lugar no ranking dos países com maiores índices de morte no trânsito, de acordo com a OMS, atrás apenas da Índia, China, EUA e Rússia. O gasto nacional com vítimas de AT custeada pelo SUS alcançou um montante de 56 bilhões de reais (ONSV,2014). No estado de Roraima, os AT tornaram-se um grave problema de saúde porque cerca de 90% das internações hospitalares nos leitos são ocupados por vítimas de AT. O objetivo da pesquisa foi apontar quais os tipos de impactos os AT causam nos setores de saúde e trânsito de Roraima. A metodologia quanto a abordagem foi do tipo quali-quatitativa com enfoque descritivo, isto é justificável porque aplicou-se como instrumento de coleta de dados a pesquisa documental e de campo (questionário e consulta em arquivos públicos). O estudo revelou que na saúde os AT provocam a superlotação dos leitos, excesso no consumo de medicamento, comprometimento e sobrecarregamento de profissionais de saúde, ocorrência de óbitos e uma legião de sequelados, tendo a maioria pessoas do sexo masculino e jovens na faixa etária de 20 a 39 anos. Quanto na área de trânsito constatou-se que o mau comportamento dos condutores (imperícia, imprudência e negligência), e o desrespeito às leis de trânsito foram as causas principais do AT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nébia Maria Almeida de Figueiredo, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Titular de Fundamentos de Enfermagem da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Diretora da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto da UNIRIO.

Publicado
2019-12-26
Como Citar
MeloM. T. de; Nébia Maria Almeida de Figueiredo. ACIDENTES DE TRÂNSITO: OS IMPACTOS CAUSADOS NO SETOR PÚBLICO DE SAÚDE E TRÂNSITO EM RORAIMA/BR. Revista Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, v. 12, n. 3, p. 123-143, 26 dez. 2019.
Seção
Ciências Socialmente Aplicadas