IDENTIDADE E PERTENCIMENTO NA MÚSICA AMAZÔNICA

LENDA E POESIA EM ZECA PRETO, ELIAKIN RUFINO E NEUBER UCHÔA

  • Rosidelma Pereira Fraga Universidade Estadual de Roraima/UERR
Palavras-chave: Identidade, Pertencimento, Música amazônica, Poesia, Roraimeira

Resumo

Esta proposta tem como objetivo apresentar os resultados finais da pesquisa Pós-doutoral com o projeto Cruzamentos de culturas e identidades nas canções poéticas de Roraima. A pesquisa teve como meta fulcral investigar a identidade cultural na produção poético-musical, a fim de alargar a discussão para o campo de conceituação das identidades que não podem ser vistas somente com a tradição oral, mas com as etnias, com a construção e a ritualização dos mitos amazônicos, dos imaginários coletivos, da diversidade linguística que forma a multiplicidade do povo roraimense e, ao mesmo tempo, o singulariza com traços sui generis dentro de sua tradição plural. Ao adentrar na análise das identidades e na diversidade cultural de povos em Roraima, percebe-se que a visão de Tomaz Tadeu da Silva (2000) contribui para o exame dos textos escolhidos, a saber: Roraimeira, Norteando, Casa de Caboclo, Pimenta com sal, Memória da tribo, Tudo índio, Makunaimando e Cruviana, além de uma entrevista com Zeca Preto e Eliakin Rufino. Sob a ancoragem dos estudos culturais e da teoria da literatura, o ensaio trouxe uma discussão em torno de autores relevantes, a saber: Arjun Appadurai (2004), Stuart Hall (1993), Tomaz Tadeu da Silva (2000), Alfredo Bosi (1992) Silviano Santiago (2000), Zigmunt Bauman (1999) e outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-01
Como Citar
FragaR. P. IDENTIDADE E PERTENCIMENTO NA MÚSICA AMAZÔNICA. Revista Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, v. 12, n. 2, p. 19-34, 1 out. 2019.
Seção
Artigos - Seção Varia