ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA EM RORAIMA

A RELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS E FORMAÇÃO DO PROFESSOR

  • Elecy Rodrigues Martins Universidade Estadual de Roraima/UERR
Palavras-chave: Orientações oficiais, Variação linguística, Práticas de ensino, Formação de professor

Resumo

O propósito desse trabalho é apresentar orientações teóricas e oficiais sobre a abordagem da variação linguística em sala, como também apresentar indícios que sugerem uma formação profissional mais sistematizada para promoção de práticas de ensino mais condizentes com a proposta nacional e considerando o contexto de Roraima. Para tanto, expõe-se algumas orientações dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) para o ensino de língua portuguesa, especialmente os que se referem ao trato da variação linguística. Apresenta-se dados de pesquisas realizadas em Roraima que referem-se às práticas de ensino dessa disciplina e, partir dessas discussões, mostra-se a necessidade da oferta de formação adequada ao professor para promover ajustes entre o que se propõe e o que se oferece como ensino de língua portuguesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elecy Rodrigues Martins, Universidade Estadual de Roraima/UERR

Professora do curso de Letras da Universidade Estadual de Roraima- UERR/ Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da Faculdade de Ciências e Letras – Unesp/Araraquara

Publicado
2019-10-01
Como Citar
MartinsE. R. ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA EM RORAIMA. Revista Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, v. 12, n. 2, p. 142-149, 1 out. 2019.
Seção
Artigos - Seção Varia