INFORMAÇÃO AMBIENTAL E GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS

CONTRIBUTOS DE UM ESTUDO SOBRE DISPONIBILIDADE HÍDRICA NO MUNICÍPIO DE IBIRÁ (SP)

  • Maxwell Luiz da Ponte Universidade Estadual de Campinas
  • Joseli Maria Piranha
Palavras-chave: Gestão Ambiental, Água, Sustentabilidade, Geoconservação

Resumo

Considerando o quadro de degradação acentuada dos bens naturais, não obstante a importância de sua conservação, no presente estudo, uma pesquisa documental, avaliou-se aspectos relacionados à gestão ambiental na Estância Hidromineral de Ibirá, São Paulo, com o objetivo de avaliar, em especial, aspectos relacionados à disponibilidade hídrica face ao uso e à ocupação territorial, tanto em área urbana quanto rural. A Estância tem sua economia relacionada ao geoturismo, ao agronegócio e à extração mineral de águas. Os resultados
revelaram aspectos históricos importantes para a gestão e conservação dos recursos hídricos e do ambiente, tais como episódios de escassez hídrica em fontes de águas minerais do Balneário Municipal e a diminuição progressiva observada nos indicadores de disponibilidade hídrica no período analisado. Em decorrência, aponta-se a necessidade de implantação de planos e estratégias de gestão que promovam mudanças urgentes da forma de uso das águas no município.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maxwell Luiz da Ponte, Universidade Estadual de Campinas

Programa de Pós-Graduação em Ensino e História de Ciências do Sistema Terra, Instituto de Geociências (IG), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Rua Carlos Gomes, 250 – Cidade Universitária. Campinas – São Paulo. Centro de Referências em Ciência do Sistema Terra (CRECIST), Departamento de Química e Ciências Ambientais (DQCA), Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE), Universidade Estadual Paulista (UNESP), Rua. Cristóvão Colombo, 2265 - Jardim Nazareth, São José do Rio Preto – São Paulo.

Joseli Maria Piranha

Centro de Referências em Ciência do Sistema Terra (CRECIST), Departamento de Química e Ciências Ambientais (DQCA), Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE), Universidade Estadual Paulista (UNESP), Rua. Cristóvão Colombo, 2265 - Jardim Nazareth, São José do Rio Preto – São Paulo. Programa de Pós-Graduação em Ensino e História de Ciências do Sistema Terra, Instituto de Geociências (IG), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Rua Carlos Gomes, 250 – Cidade Universitária. Campinas – São Paulo.

Publicado
2019-07-15
Como Citar
PonteM. L. da; PiranhaJ. M. INFORMAÇÃO AMBIENTAL E GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS. Revista Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, v. 12, n. 1, p. 53-62, 15 jul. 2019.
Seção
Ciências Socialmente Aplicadas